sábado, 11 de abril de 2009

Ele fez tudo certinho mas chutou pra fora

Eu lembro quando era criança e em jogos decisivos as emissoras de TV costumavam fazer uma cobertura o dia inteiro das equipes em questão, e olha que era basicamente a bandeirantes, que na época era o canal do esporte, hoje em dia tenho tv por assinatura com trocentos canais e até agora nada.

Body language

desde que eu sou pequeno que sempre aparece na tv especialistas em linguagem corporal, de lá pra cá nada mudou, são sempre os mesmos sinais, como venho assistindo esse tipo de coisa desde sempre já me considero um phd na arte da leitura corporal, portanto qualquer emissora de tv que precisar de um pra algum tipo de matéria, pode me chamar

OK

como eu detesto esse termo, pra mim traduz a preguiça da pessoaem dizer algo como "tudo bem", ou "beleza", ou algo que o valha, ou simplesmente descaso da pessoa com você ou o assunto que vocês estão conversando o que não é legal.
O mais engraçado é que o termo se originou de lerem errado o termo O.R. Ordered Recorded, então toda vez que você for dizer OK lembre que além de antipático você está sendo um pouco burro

é isso

7 comentários:

Sophie disse...

er, sempre achei que fosse 0 killed. hm, agora também não sei.

Card disse...

The origins of 'okay' are not known with certainty, and have been the subject of much discussion and academic interest over the years. As an interjection, it has been borrowed from English into many other languages.

Sophie disse...

cardoso e o wikipedia, bff

Bazzan disse...

cardoso preguiçoso como sempre, se tivesse lido um pouquinho mais teria chegado onde eu cheguei pra descobrir a origem

Card disse...

eu vi essa parte do q vc falou, mas eh q me convia mais a primeira parte . ahahhahaha
e ela mesmo anula a sua parte. pois diz q tudo é suposicao, nao é certeza nenhuma das origens.
OK é o novo U2

Mastrinho disse...

OK é Ok. Não é preguiça. É só um substituto de "tudo bem" ou "beleza". É sinal de concordância. E, independente da origem, hoje é utilizado para isso. Se antes era "order recorded" lido errado, ou se era "estou de saco cheio" não faz diferença. Hoje ok é aceitação. É isso que importa. É isso que as pessoas entendem quando você fala ok. Não tem nada de burrice, preguiça ou antipatia.

Bazzan disse...

ok mastrinho