quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

All I wanna know is happiness for you and me



feliz ano novo :)

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Elliott Smithão sem talento

parece que tudo o que eu to encostando tá estragando, primeiro o equipamento do bronze, hoje fui trabalhar e o teclado do meu computador tava estragado, aí cheguei em casa e meu computador não liga, que fase.


desde que eu li o livro da autum de wilde sobre o elliott smith e alguém disse, "ele era ótimo na primeira impressão, no começo ele fazia você se sentir a pessoa mais importante do mundo, e era legal e charmoso, mas ele não conseguia manter isso no longo prazo e virava uma pessoa ruim de estar junto", meio que eu pensei "eu sou isso pra caralho" talvez sem o charme.


"how did relationships became so fucked up?" ou algo do tipo, acho que é do singles, e é muito verdade às vezes me pego tentando explicar um one night stand e penso "what the fuck?".
É impressionante como tem pessoa fucked up no mundo, as vezes as pessoas me contam uma coisa com a maior naturalidade do mundo e eu fico com vergonha de tá ouvindo aquilo, não vou dar exemplo aqui porque não quero zuar mais ainda pessoas que já são fucked up, ahahahah

é isso

most likely you will go your way and I'll go mine

é impressionante como eu me meto em situações chatas e não tenho habilidade pra sair delas, pelo menos em uma coisa Jim Morrison tinha razão "people are strange".
ps-o povo é incoerente e louco e eu ainda sou taxado de mal-humorado, chato e até insensível, mas vamos lá

sábado aniversário e foi bom pra caralho, amigos reunidos, som rolando até que a porra queima, naipe sair fumaça, daí pra frente foi uma merda

algumas considerações da noite:

1-ganhei dois dos presentes mais lindos da história do presente, o primeiro um combo figure 8 do elliott smith + botton da cat power que também foi o hitcombo lindeza porque você percebe que além da pessoa prestar atenção em você ainda fez um esforço para conseguir os presentes, o segundo presente foi a quarta temporada dos simpsons com um bilhetinho bonitinho(nunca sou blazzan me perdoem(mas o trocadilho foi legal))

2-gostaria de pedir às pessoas pra não dar conselho à terceiros de como reagir em relação à mim um não sei sai muito melhor pra todo mundo. Obrigado

3-em pleno século 21 ainda é mal visto um homem não querer ficar por ficar?

4-a pessoa anda com você durante 2 semanas seguidas, vai na sua casa e não te fala nada e derepente vem um monte de gente falar coisas que até então não tinha nada.

5-foi dos dias mais legais de hitburners, uma pena a potência ter estragado(ps-o lugar tava um inferno de quente também)

6-bem ou mal eu sou sempre a mesma pessoa

Obrigado a todos amigos que foram na festinha vocês me deixaram muito feliz

obrigado ao Daniel e a Maysa não só por terem ido mas também aceitado o convite pra discotecar

é isso

sábado, 27 de dezembro de 2008

Go away from my window

Ou ainda "take my picture of the wall"


Ou ainda e talvez o mais correto "leave me alone"



"Procurando um unicórnio alado"



e por último, "leia o título do header"

é isso

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Babaganoush



Como esse cara é bom

Hoje bronze pegando fogo, beijo a todos

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Ex-namorada(o)

Existem alguns amigos que você acaba perdendo o contato, e ninguém faz estardalhaço por conta disso, ele seguiu outro caminho, ou então gosta de coisas diferentes, tem outras prioridades, foi morar em outro lugar, o caso é que isso é a coisa mais natural do mundo.
Agora eu pergunto à vocês: O que é uma namorada?
É claro que a pergunta é retórica, pra mim uma namorada é a melhor amiga no momento, uma pessoa que você pode conversar, gosta de estar junto e fazer sexo.
E a ex-namorada?
É como o amigo que você perdeu o contato, você tem um carinho pela pessoa, quer que tudo dê certo e que ela siga bem com a vida, mas estão em sintonias totalmente diferentes. O caso é que quando você encontra com o amigo você dá aquele aperto de mão e segue a vida, enquanto que a ex-namorada cria uma situação chata, se você fica com alguém na frente da pessoa isso pode magoar ou ser entendido como algo proposital pra ferir o que não é verdade.
É claro também que você não vai evitar a pessoa, excluir ou algo do tipo, mas pra mim não faz sentido ficar encontrando propositalmente bem como não entendo pessoas que chamam propositalmente os dois? Qual o intuito disso?

De qualquer forma isso aqui não é pra alfinetar nem magoar ninguém, é só um ponto de vista pessoal e que resolvi colocar aqui porque tenho 2 amigos passando por isso atualmente e cada um tem uma opinião bem diferente, o engraçado é que eu não concordo com nenhum dos 2.

Good reads

O meu auto-presente original seria o "All over but the shouting", mas acabei enrolando na correria do dia a dia e não comprei, então passou a ser o ingresso do glastonbury, o que seria até mais legal que o original, mas o pessoal do glaston tá ensebando bastante pra me registrar, tá parecendo que vai ser um natal sem auto-presente, porque o aniversário já tá garantido:


Hitburners @ Bronze Night Club

av. 9 de julho, 59
23:59h
convidados:
Daniel + Maysa
no ambiente térreo toca a banda sun walk

Como não ganhei de mim mesmo o presente pensei em reler o "Love is a mixtape", só que não achei, é impressionante como coisas legais somem, comprei 2 "Is this it" e os dois sumiram, comprei 2 "In utero" e os dois sumiram também, emprestei pra uma amiga o How Indie rock saved my life e até hoje ela não me devolveu.
Voltei a ler o "our band could be your life" na parte do minutemen e é foda, a amizade dos caras é um negócio difícil de encontrar

Fim de ano

perguntinha técnica: alguém fica feliz com o fim de ano?

domingo, 21 de dezembro de 2008

You have no idea(ugly women(fucking glastonbury))



Esse vídeo do kramer mata tudo o que eu vou escrever aí embaixo, mas vamos lá.


(o Bruce Springsteen foi num show do Ramones e ficou tão empolgado que disse pro Joey "tenho uma música pra vocês", acabou dando essa música pra Patti Smith)

Hoje a tarde eu tava assistindo a Patti Smith no Jools Holland*1, e comecei a pensar "deve ser foda ser uma mulher legal e ser absurdamente feia", e eu explico o pensamento, é que homem tem essa superficialidade, a mulher tem que ser apresentável, não dá pra chegar com a Patti Smith em casa e dizer "mãe to morando com essa mina", mulher tem mais uma idéia romântica e encara.

É claro que existe o maior medo do mundo de morar com uma mulher, mas existem algumas coisas que amenizariam isso, alguns exemplos de situações cotidianas

exemplo 1:

"baixei o disco novo do ryan adams e como acho que você vai gostar joguei pro seu ipod"
mulher numa segunda-feira de manhã durante o café da manhã

exemplo 2:

"você já ouviu a banda "x"(alguma que você não conheça)? Acho que você gostaria, eles são legais porque...(conta meio a história da banda etc)
Mulher num domingo à tarde

exemplo 3:

"aluguei uns filmes pra gente assistir"(e os filmes serem legais)
Mulher qualquer dia da vida

exemplo 4:

os dois meio que cozinhando
qualquer dia da vida

Algumas coisas que a mulher deveria ter:

-ser razoavelmente bonita
-sabe aquele dia que a mina vai no cabelereiro e o cara caga na cabeça dela? ela ainda continua bonita
-usar allstar e ou aqueles sapatinhos bonitinhos de pano com o bico redondinho, sandálias e demais sapatos são mal vistos
-tem que ser sexy, não vulgar
-se vestir bem
-cabelo bom
-bem-humorada e madura
-durante o namoro quando você deixa ela na porta da casa dela, ela tem que olhar pra trás e dar tchauzinho, entrar e fechar a porta é muito descaso
-Morar na mesma cidade que você
-não precisa gostar de futebol, mas que entenda que pra mim futebol é um big deal e respeite e não peça pra trocar a lâmpada na prorrogação da semi-final da uefa(não precisa o palmeiras estar jogando pra ser importante)
-entender que a família é um big deal e não reclamar de ir almoçar com os parentes
-o sexo tem que ser bom
-tem que ter assunto
-respeito é a palavra mais importante num relacionamento

Sei que talvez essa pessoa não exista mas também I'm just looking





*1-top 2 apresentadores favoritos no mundo:
1-Jools Holland
2-Conan O'brian


PS-comprar um ingresso pro glastonbury não é nada fácil, a organização do hitburners é melhor que a deles
PS2-ia comentar aqui sobre o asshole mode on mas seria muita polêmica pro mesmo post

é isso

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Glastonbury

acabo de ver em um site o boato de que bruce springsteen e neil young tão cotados pra liderar dois dias do festival, o que acaba de colocar o mesmo ultre no páreo pras minhas férias, to até pensando em ir acampar na fazenda e dormir na lama pra ir treinando

Is this it?


Is This It from Goldenfiddle on Vimeo.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Are you passionate?



Ontem e antes de ontem aconteceram os shows do neil young que eu queria assistir no madison square garden, e não era só o neil, a banda de abertura era o wilco, o cara além de ser foda sabe as bandas que escolhe pra abrir seus shows.
Fazia muito tempo que eu não ouvia Neil Young, voltei por causa do blip, fui blipar keep on rockin' aí comecei a ouvir várias outras, peguei a discografia do cara já e tinha muita coisa boa que eu não conhecia, muita mesmo.To meio viciadinho numa música que chama two old friends e é relativamente nova, de 2002.

Esse negócio de wifi é foda, to até tomando banho com o computador

Não tenho muito o que escrever aqui, só que eu to muito bem de amigo, o mastro faz umas surpresas lindas e liga as 7 da manhã "ou vocês tão bem?" é o paizão, e nesse exato momento to conversando simultaneamente com Laga sobre uma viagem pra europa e relacionamento e com o Card sobre filme, literatura e Neal Cassady

vou dormir

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

sometimes I'll come around(california waiting)



A primeira coisa a declarar é: eu falo muita merda

agora vamos ao post

I'm on call


Esse fim de ano mais uma vez não vou ter férias coletivas e não vou viajar, mas vai ser um fim de ano legal por 3 motivos
1-dia 27 ao invés de sofrer sozinho vou estar discotecando com alguns amigos no Bronze, quem tiver por aí está convidado a tomar uma comigo lá
2-apesar de não ter férias coletivas os feriados vão dar aquela emendadeta com o fim de semana o que vai propiciar um descanso
3-Hoje à noite compro meu(s) auto presente(s)



To meio ansioso pra saber o lineup do coachella, acho que vai ser algo bem legal, tem também o reading festival, o lollapalooza e em último caso o bonnaroo de novo, o sxsw já descartei de novo


Eu gostei do kings of leon de cara, o clipe de molly's chambers era muito massa, o estilo dos caras era legal e as músicas muito boas, gostei até da fase elfo do Caleb no because of the times e apesar de todo mundo odiar eu gostei do disco.
O meu preferido ainda é o youth and young manhood, porém o disco novo(que é bom bagarai) deu o click na obsessão e to ouvindo tudo de novo junto com as novas.
O que eu sempre gostei neles também é que não rola muito alarde, a hora que você vê já tá tocando e é bom, não é igual blur, oasis, strokes, franz ferdinand que tão anunciando faz 7 anos o novo disco. Em alguma spin tem uma reportagem com eles e é legal que os caras são simples e tem umas besteiras que você tem mas pensa que alguém da famosidade deles não teria.


I could use somebody

(essa é a minha favorita do only by the night)

É foda que às vezes você quer dizer algo mas não pode, isso aqui mesmo era pra ser ultre low profile mas entra 50 pessoas por dia que eu nem faço idéia quem seja
Ontem foi uma conversa boa card, valeu

é isso

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Only by the night


(o jools holland é o cara mais simpático do mundo, até quando ele tá zuando os caras ele é bonzinho)

A noite começou de dia e eu não tava passando muito bem, fui esquentar o jantar e deixei cair o feijão, sinto cheiro de feijão até agora, fui fritar um ovo e o ovo tava zuado, sinto o cheiro de ovo podre até agora.
Tomei um banho, fiz uma playlist do kings of leon e fui pro vila dionísio.


(a melhor banda do mundo)


(pode tocar 7 vezes esses filhos da puta na balada)


Os amigos não foram, e eu tava conersando com uma amiga, ela tava zuando porque tocou black e jeremy e ela sabe que eu gosto do pearl jam(antes ela já tinha me zuado porque eu toco muito strokes enquanto discotecante e eu disse que o limite pra strokes na balada são 7 músicas) então em tom de brincadeira eu disse "pearl jam é a melhor banda do mundo"
O caso é que ninguém tem embasamento pra afirmar qual a melhor banda do mundo então eu tento manter a conversa no nível da chacota.
O Sr. Terrível me respondeu que a melhor banda do mundo são os rolling fucking stones


Eu respondi de bate pronto "os stones nunca foram a melhor banda do mundo" e apesar de ainda manter o nível da chacota eu acredito nisso de verdade, opinião pessoal, foi aí que entrou um cara na conversa que eu vou chamar carinhosamente aqui de "Side Show Bob"


Então o cara começou a falar sério e a primeira coisa que ele falou pra defender os stones foi "o noel gallagher diz que o oasis tem tanta importância quanto os stones"


Eu não entendo esse negócio de falar mal de uma banda pra exaltar outra e é claro que o noel gallagher é um puta megalomaníaco mas ele escreveu live forever e o side show bob vive na sombra do Krusty e todo mundo sabe(sem contar que ele quer matar o Bart), mas ainda em tom de chacote eu respondi "o noel tem razão" e fui além, teve um show do Replacements em que o Paul Westerberg diz "tá tendo um show dos stones na filadélfia mas nós somos melhores então foda-se eles" e eu citei isso.


O Side disse "tá tendo um show dos stones e vocês otários tão assistindo a gente" e foi aí que o cérebro dele começou a ter disenteria,vou tentar transcrever aqui o mais fiel que eu consigo porque eu tava bêbado e levantei e deixei ele falando sozinho depois de um certo tempo "a gente ouve música em português e acha ruim, mas na verdade tem muita música estrangeira ruim, o oasis é o fabio jr. deles, eu tava no kaiser chief(não to errando não o cara disse kaiser chief minha gente) e é um cara véio de 40 anos(aí eu pensei, mas será que ele pensa que o Mick Jagger tem 22?), os caras são o jota quest deles..." depois desse momento eu levantei e fui embora mas explico porque.






1-em momento nenhum ele disse "o jagger escreveu wild horses", o que meio que encerrava o caso dele
2-O Fábio Jr. é bom
3-O oasis é muito bom
4-O kaiser chiefs foi top 10 shows do coachella quando eu fui(o que pode parecer pouco mas a porra tem uns 200 shows)
5-Por ter me feito sorrir numa fase importante da minha vida eles já são importantes
6-Teve a história do gordinho com boné pra trás que chegou e perguntou pra mim "essa banda que vai tocar é legal?" tentei ser imparcial porque eu percebi que ele não ia gostar e respondi "é indie rock" uma menina bonitinha disse "não é, não sei explicar, mas é bom, fica que você vai gostar" e eu disse "eles são britânicos, é tipo arctic monkeys" e a menina bonitinha "é, é isso", o gordinho ficou pela menina, na segunda música ele já tinha ido embora, mas quando os caras entraram o vocalista disse "hi, we are the world famous kaiser chiefs" me ganharam aí.
7-foi o Nuno que me apresentou os Chiefs no Bar do BO(das pessoas mais lindas que eu conheço num dos lugares mais lindos que eu já fui(não estou aqui me referindo à beleza)) "vocês gostam de strokes e arctic monkeys, ouve kaiser chiefs que vocês vão gostar"
8-Depois de algum tempo eu fui numa hey ho e a Paula tocou I predict a riot(depois ela tocou 3 do foo fighters, ahahaha), pensei "que mina massa" e fiquei uma semana no msn com o nick "ai predita raioti"

Tava saindo do vila dionísio ontem e tinha uma van com a porta aberta, dentro tava o Wander Wildner, dei os parabéns pelo show e tal, ele agradeceu, foi simpático, depois disso eu não lembro mais nada.

-----------------------------------------------------------------------------------

-Tem mais papel no meu carro do que no forum

-Minha sobrinha é provavelmente a única que consegue me fazer gargalhar sóbrio

tinha mais alguma coisa pra falar acho, fuck it

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Radiohead + Paul Westerberg + "Replacements"



Apesar de gostar muito do radiohead acho uma banda superestimada, o oba oba em cima deles é demais e os fãs são os emos dos anos 90 "ai radiohead não vem", tem gente já com o ingresso na mão e falando "só acredito vendo" me poupem e vamo parar com a choradeira.
Os caras são provavelmente a maior banda alternativa do mundo e todo mundo diz que o U2 é marketeiro mas o radiohead também é bastante, o sucesso de in rainbows não foi em vão e o disco nem é tããão bom assim, mas pra mim saber fazer divulgação é um mérito e não significa "se vender" necessariamente.





Depois de muito tempo o Paul Westerberg saiu da toca e lançou um disco novo o "49:00"(já comentei isso no finado De Stijl), ele esteve muito tempo parado por causa de um machucado na mão que o impedia de tocar guitarra.
Ele fez o disco pra ser lançado no esquema "in rainbows" só que com algumas diferenças:
1-não foi divulgado
2-se os replacements não são muito conhecidos pela geração atual imagine o Westerberg
3-os arquivos foram colocados na amazon e não era fácil comprar, tinha que fazer download de programas e muitos fãs estrangeiros não conseguiram comprar(um deles eu)
4-ao contrário do radiohead ele não deixou a critério dos fãs o preço do disco, ele cobrou 49 cents de dólar, ou seja se algum fã fanático quisesse pagar 100 dólares no disco ele não conseguiria
5-a qualidade da gravação não é lá essas coisas, todas as músicas são grudadas, isso é, não existe separação por faixas o disco é uma faixa única de 43 minutos e pouco.
6-ele está com 49 anos e por isso o 49 minutos do seu tempo/sua vida, mas o disco só tem 43 minutos
7-última mas a maior burrísse, uma das músicas é um amontoado de covers sem sentido os quais ele teve que pagar direitos autorais e que por fim acabou dando prejuízo pro cara




Paul Westerberg e Tommy Stinson(os únicos replacements remanescentes(Bob Stinson morreu de overdose nos anos 90 e o Chris Mars se aposentou da música)) andaram fazendo umas jams sessions juntos e já até tocaram em algum lugar sem o nome repalcements, criou-se uma especulação sobre uma reunion tour às quais o Westerberg respondeu de duas maneiras:

1-Eu poderia estar tocando com o Tommy com o nome de Replacements e ganhar uma fortuna, mas esse não é o caso

2-Um retorno seria legal mas teria que envolver alcool e não bebo mais.

As duas respostas são negativas porém são melhores do que a resposta que ele deu uns anos atrás:

O retorno é impossível fora de cogitação, um me odeia e o outro está morto

Existe também um outro pequeno entrave além da má vontade do Paul, desde que o Axl Rose ficou louco e demitiu todo mundo, Tommy Stinson virou o baixista do guns e com o lançamento do Chinese Democracy pode ser que eles saiam em turnê pra divulgar o disco ou algo do tipo

Caso é que sabendo que o Coachella é o maior revival de bandas do mundo(já conseguiram reunir lá jane's addiction, jesus and mary chain, rage against the machine, happy mondays), já mandei um email pra golden voice que é a empresa que organiza o festival lembrando que os caras tão tocando juntos e sugerindo a contratação deles pro coachella 2009, agora é torcer

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

"Whenever a friend of mine succeeds, a small part of me dies"



Primeiro devo dizer o tanto que eu gosto de banheiro, é um lugar que você pode se fechar sozinho e ninguém vai falar nada, você simplesmente tranca a porta, leva uma revista ou um livro ou até o notebook ultimamente.

E no último fim de semana teve hitburners, mais uma vez apoteótico, toneladas de álcool e estourei a testa numa caixa de som mas tá tudo bem. Neon sticks war e I wanna be adored

Hoje assisti alguns filmes e cada um teve sua reflexão ou simplesmente um ponto que chamou atenção.

1-The Wendell Baker Story
Esse é simplesmente pra dizer que "a turma" sabe fazer filmes gostosinhos de assistir.

2-Singles
Tem os monólogos de cada personagem e o da Bridget Fonda fala de como 23 parecia velho quando se é criança, imagina 29 amigona, eu imaginava que eu já ia ter filho na faculdade ahahahaha, nada mudou.
Eu sempre reparei nas bandas que aparecem no filme mas é legal que tem também o Tim Burton "o novo martin scorcese" que vai fazer o filme do expect the best e o próprio cameron crowe entrevistando o Matt Dilon.
Como o negócio de parar pra pensar a vida é mal visto, a sociedade tem esse negócio que a vida é pra ser tocada e não pensada e se alguém pára, fica aquele boxixo "e olha o cara pirou" ou então "ih foi demitido/não consegue emprego". É como o cara que não passa no vestibular de prima, fica essa obrigação e o que uma pessoa de 17 anos sabe sobre o futuro?É muito cruel isso
PS-também não entendo o moleque que quer algo extremamente específico do naipe "engenheiro aeronáutico"que além de ser específico ainda é um negócio muito foda de entrar

3-Stand by me
Como é que aquele molequinho bonitinho foi se matar de overdose aos 23?
Fui ver a filmografia dele porque queria saber que filme ele fez com o Ethan Hawke e fiquei mais impressionado ainda, como é que um cara tão novo pode ser tão bom e ter feito tanta coisa(ele que eu digo é o River Phoenix)
O Corey Feldman deu uma bela afundada, ele fez bastante filme adolescente legal, atualmente passa um reality show dele com o Corey Haim nos EUA e ele odeia o Haim.

Depois de assistir esses 3 filmes eu li uma entrevista do Ethan Hawke no guardian, é da época que estava sendo lançado aquele Hamlet moderno o qual ele atuou, eu gosto bastante do Hawke porque ele transmite uma certa insegurança apesar de ser bem sucedido. Tem também o negócio que ele fez o antes do amanhecer que contribui bastante.
Na entrevista ele fala um pouco também da competitividade do mundo adulto, quando você é criança você pode fazer merda porque você é promissor e derepente você passa a ser uma realidade ou um cara que não deu certo e ele fala também da competitividade que ele tinha com o River Phoenix porque os dois eram amigos só que o River tava se destacando mais e então ele lança essa frase aí do título que é na verdade do Gore Vidal, e não tem nada a ver com inveja é só que quando alguém da sua convivência consegue algo e você não, fica aquela pressão, é aquele negócio de ser o último a bater o pênalti, fica aquela pressão, "o cara acertou, se eu errar vai ser foda".
Por fim ele fala também de como a vida é uma corrida sem linha de chegada, ninguém nunca vence

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Compromissos inadiáveis para o ano vindouro

Numero de Ingressos: 4 ( Pista Inteira SP RadioHead 3, ;Pista Meia SP RadioHead 1 )
Evento: RadioHead
Local do Evento: Chacara do Jockey
Data da Sessao: 22/03/2009
Horario da Sessao: 21:30

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Hitburners 05/12

Sexta mais uma hitburners no audiodelicatessen e lá o electric feel não vai ser censurado




segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

São Paulo a Nova York brasileira




Mais um fim de semana memorável em sp, viajar é sempre foda porque você tem tempo pra pensar na vida.
Quando você pega estrada com uma outra pessoa, você acaba conhecendo ela melhor, isso claro se a pessoa conversar, se ela virar pro lado e dormir não adianta nada, mas quando você faz a viagem sozinho o que acontece é que você se conhece melhor
Essa última vez vim pensando em todo mundo que muda pra sp pra buscar a felicidade ou apenas uma oportunidade melhor, nos EUA existe muito esse fenômeno da pessoa querer sair da cidadezinha e é claro que existem algumas pessoas que realmente tem que sair pra um centro maior pra conseguir crescer profissionalmente mas também existe muita ilusão, fui numa festa domingo e tava cheia de gente assim.
Claro que eu já pensei em mudar de cidade, ir morar em Nova York, Milão, Londres e ultimamente São Paulo mas também já percebi que a minha felicidade não depende de uma cidade e sim de ver as pessoas que eu gosto, de me divertir, viajar e ter um certo conforto. Pra isso vou criando alguns mecanismos e tentando viver melhor comigo mesmo

Show confirmado pro ano que vem que eu vou:
-Radiohead

Boatos de shows que se tiver eu vou com certeza:
-Paul McCartney
-Oasis
-Wilco

Aliás não entendo a pessoa gostar de música e não gostar de shows, pra mim é uma experiência única, você encontra com pessoas com o mesmo gosto que você, ouve músicas legais e vê a banda que você gosta, é claro que tem algumas inconveniências mas pra mim elas são totalmente contornáveis.

é isso