quinta-feira, 11 de março de 2010

Uma visão bem (mal) humorada de São Paulo

Existe uma lenda de que São Paulo é uma cidade grande, não é de todo verdade, se você for considerar as distâncias em km ao invés de horas, tudo fica muito próximo.
O que acontece, é que para dar uma volta no quarteirão de carro, dependendo do horário, você demora meia hora.
São Paulo é na verdade uma cidade muito populosa, apertada, tudo é pequeno, tudo é perto até demais, pra caber todo mundo, as garagens são apertadinhas, os prédios são uns do lado dos outros, e tudo é muito barulhento, me lembra muito de um filme com o Tim Robins
Você demora muito pra fazer as coisas e acaba não encontrando ninguém, muito raramente, existem várias pessoas em SP que eu gostaria de encontrar com mais frequência, mas os horários simplesmente não batem



Mas chega de São Paulo, queria dizer aqui que não tenho publicado mais coisas aqui por excesso de assunto e não falta dele, é muita coisa pra ler, muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo e tá difícil processar, ainda mais quando você acaba lendo e assistindo coisas que não queria.
Tudo que eu queria era assistir é Greenberg, o novo filme do Ben Stiller que tem trilha sonora do James Murphy




No filme ele basicamente muda de cidade e passa a não fazer nada Na falta desse filme acabei assistindo Quiet City, que é um dos filmes da onda que chamaram de mumble core, e tem um diálogo que é assim?
-O que você tem feito?
-Na verdade nada no momento
-É eu também, como você tem se saído?
-Normal eu acho, e você
-Fazer nada não tem me ajudado a pagar o aluguel
-É, precisamos arrumar um sistema pra ganhar dinheiro fazendo nada

Eu só queria um emprego

3 comentários:

Bazzan disse...

não vou descansar enquanto não assistir esse filme, talvez por isso eu esteja gripado

Card disse...

eu tb soh queria um emprego

Mesa disse...

vc quer me cnontrar em sp?