quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Coisas que não fazemos mais

São 2:24 da manhã, amanhã tem que trabalhar, esse ano parei com o café, acredito que café seja dopping corporativo, o lagah acho que já falou isso alguma vez no mexerica, que inclusive estava lendo agora pouco, mas as coisas antigas, não essa merda de hoje, acho que tinha que ser editado e publicado, melhor que muito livro que publicam por aí.
Depois de parar de beber café cunhei a seguinte frase "vida corporativa sem café é igual vida social sem álcool", a social eu ainda não dou conta de encarar sem dopping, tem sempre alguém querendo te contar algo que você não quer ouvir, você encontra pessoas em bares e festas que preferia não encontrar, no trabalho também, mas já que o café não vai ajudar com isso que seja sem dopping.
Lembro que antes quando ia em algum bar com muitas opções de bebida, sempre rolava aquela degustação geral, mas isso com cervejas diferentes, ou bebidas exóticas, hoje não mais, daqui pra frente a coisa provavelmente vai ser a seguinte "me vê a sua cerveja mais barata", bem diferente do "me vê seu melhor vinho" usado geralmente para impressionar garotas
Depois de fazer esse top 10 das músicas dessa década, fiquei pensando muito no coldplay, não tem como negar, bem ou mal é uma das maiores bandas da década, na minha opinião eles batalharam anos para serem uma banda legal e reconhecida, jogaram tudo fora nesse último disco.
Já fui em um show deles, mas Chris Martin que me perdoe, pra voltar a ouvir coldplay, eles vão ter que fazer um disco muito bom, praticamente magia, lindeza, acho muito difícil do jeito que anda a carruagem



Lembro que a primeira vez que vi o cipe de yellow, eles disputavam algum prêmio com o strokes, como eu torci contra, eles ganharam e eu peguei birra, depois ouvi a música e achei boa, mas ainda não estava disposto a gostar deles



Foi quando assisti ao clipe de trouble que eu pensei "acho que gosto desses caras"



Estava viajando pela europa com meu pai quando eles lançaram o single "in my place", foi aí que eu pensei "esses caras são fodas", eu estava odiando paris por causa do trânsito e tocava essa música toda hora no rádio, eu adorava.
Depois veio the scientist, clocks, god put a smile upon your face, a rush of blood to the head, comprei o dvd deles.
Lançaram um disco novo, não era tão bom quanto os dois primeiros mas ainda tinha muita música legal, o look deles ainda era legal, a postura era legal, roupinha preta, politizados sem chegar no ponto Bono de politizado.

Até que...



não precisava saber que eles plagiaram o Joe Santriani pra saber que era ruim
derepente eles queriam ser a maior banda do mundo, mas isso não se faz usando casacos coloridos, os beatles fizeram isso em preto e branco.

Acho que dei muita importância pro coldplay nesse post e a intenção nem era essa, era só escrever algo enquanto o sono não vem e descrever coisas que não faço mais com semi saudade.
Apesar de tudo ainda vou na rota uma vez por ano e pretendo manter enquanto tiver energia
agora vou dormir

Um comentário:

Bazzan disse...

detalhe que eu fui no show